Diocese do Rio Grande tem seu novo bispo nomeado

capanoticianovobispoA Diocese do Rio Grande amanheceu com mudanças nesta quarta feira (17): Dom José Mário Stroeher anunciou nomeação do Padre Ricardo Hoepers, curitibano que atuava como pároco na Paróquia Santo Agostinho e diretor comunitário do Studium Theologicum Claretiano, em Curitiba-PR, como bispo diocesano. O Papa Francisco acolheu o pedido de renúncia do atual Bispo, e nomeou Pe. Ricardo no dia de hoje.

O novo bispo, Pe. Ricardo Hoepers, tem uma longa caminhada pela igreja, que iniciou-se com sua entrada no Seminário Menor Arquidiocesano São José em 1985, onde terminou o ensino médio. Em 1989 fez um ano de Propedêutico e 1990 saiu do Seminário e estudou Filosofia na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

No meio dos anos 90, em 1995, retornou ao Seminário Maior Rainha dos Apóstolos e iniciou o Curso de Teologia no Studium Theologicum. De 1997 à 1998 realizou uma Especialização em Bioética na Faculdade São Camilo, em São Paulo e começou a lecionar como Professor de Bioética na Escola de Enfermagem Catarina Labouré em Curitiba.

Em 1998, no dia 19 de abril recebeu a Ordenação Diaconal das mãos de então Arcebispo Dom Pedro Fedalto. Em 31 de janeiro de 1999 recebeu a ordenação sacerdotal do mesmo Arcebispo.

Funções exercidas na Arquidiocese de Curitiba:
  • 1999-2001 – Vigário paroquial da Catedral Metropolitana de Curitiba;
  • 2002-2003 – Diretor da Faculdade de Filosofia da Arquidiocese de Curitiba, Vice-Reitor e Disciplinário do Seminário Filosófico Bom Pastor;
  • 2003-2009 – Pároco da Paróquia São Francisco de Paula, Curitiba;
  • 2005-2008 – Coordenador Geral do Clero e Coordenador da Pastoral Presbiteral da Arquidiocese de Curitiba (Port. 30/08/2005);
  • 2005-2009 – Membro do Colégio dos Consultores da Arquidiocese (Port. 14/12/2005);
  • 2005-2009 – Membro do Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Curitiba (Port. 14/12/2005);
  • 2006 – 2009 – Assessor Eclesiástico da Pastoral da Pessoa com Deficiência da Arquidiocese de Curitiba (Port. 06/06/2006), da Pastoral dos Surdos no Regional Sul II;
  • 2009 – 2014 – Tempo de estudos em Roma (Mestrado e Doutorado);
  • 2014 (fevereiro à setembro) – Colaborador na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus;
  • 2014 (setembro) à 2015 (maio) – Vigário paroquial da Paróquia Santo Agostinho;
  • 10 de maio de 2015 – Pároco da Paróquia Santo Agostinho e Santa Mônica.

 

 

Formação Acadêmica:
  • Doutor em Teologia Moral pela Accademia Alfonsiana, Roma – Itália (2014);
  • Mestre em Bioética pela Accademia Alfonsiana, Roma – Itália (2011);
  • Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2004);
  • Especialista em Bioética pela Faculdade São Camilo, São Paulo (1999);
  • Graduado em Teologia pelo Studium Theologicum, Curitiba – PR (1998);
  • Licenciado em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná (1995).

 

A chegada do novo Bispo representa um momento de renovação na Igreja local e a comunidade o espera com muita expectativa.

Para Jonatas Menezes, jovem atuante na paróquia Nosso Senhor do Bonfim: “A mudança traz um novo ânimo pra diocese em si, atrai os olhares de quem está mais distante da Igreja. A esperança é de que o novo bispo se adapte rápido a nossa cidade e busque reconhecer as carências de nossa diocese e de nossa juventude.”

Seja muito bem vindo Pe. Ricardo!
A juventude #TriJovem o espera de braços abertos.

Fonte: Brenda Vieira - Comunicadora Tri Jovem